sexta-feira, 17 de Setembro de 2010

Casei com um Massai


Fiquei apaixonada por este livro. Quem não leu, aconselho-o a fazer vivamente.
Casei com Massai é muito mais do que uma história de Amor, diria também que são relatos etnográficos.Este livro fascionou-me, não só porque é a história verídica da própria autora, Corinne Hofmann, mas também porque relata pormenorizadamente uma cultura completamente diferente da nossa.
Corinne tem 27 anos e parte para o Quénia de férias com o seu namorado, mas apaixona-se perdidamente por um guerreiro Massai chamado, Lketinga. Corinne nasceu na Suíça, filha de mãe Francesa e Pai Alemão. Depois de regressar á Suíça, termina o namoro, renuncia o trabalho, a família e os amigos, casa-se com lektinga e vai viver para o interior do Quénia, a sua vida passa a ser no mato.Lketinga é um guerreiro analfabeto.
A partir daqui e durante quatro anos, é feito um relato do dia-a-dia de uma grande diferença cultural e de como sobreviver ás duras condições de vida dos Massai em que as única fonte de energia são as fogueiras de lenha, as refeições são á base de papas de milho e carne, a única bebida é a água suja do rio onde todos se lavam.
Não falando também das dificuldades de adaptação de culturas. A boca de um Massai é exclusivamente para comer, um Massai não come comida feita ou olhada por mulher, nunca come ao mesmo tempo que a mulher, pode ter mais do que uma mulher e o sexo dura 2 ou 3 minutos...isto são alguns exemplos das muitas diferenças que a narradora teve que ultrapassar. Não falando das doenças que teve que sobreviver e isto tudo por Amor , Amor esse que foi presenteado com uma filha, Naipiri.

Mas como nem sempre vence o Amor...

"Na altura vivi o maior Amor da minha vida e passei pelo céu e o inferno. Foi a minha maior luta pela sobrevivência. Uma luta que, ainda assim, eu e a minha filha vencemos."

Corinne hoje em dia vive na Suiça com a sua filha e continua a ajudar financeiramente Lketinga, no Quénia.

O que não se faz por Amor?

2 comentários:

Geovana disse...

Oi Sofia

Fiquei com vontade de ler o livro, mas não achei por aqui. Quem sabe consigo encomendar? Vou pesquisar mais.

Bjo!

Sofia disse...

Olá Geovana,

O livro é lindo, vale a pena.

Beijo
Sofia