quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

Recomeço

Como diria nosso querido Miguel Torga:

"Recomeça... se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade."

Se calhar não tanto com a mesma assiduidade que no Ano 2008,
mas prometo r-e-c-o-m-e-ç-a-r, e a dançar o Tango.


terça-feira, 26 de Outubro de 2010

BONNUSDESIGN

Como nunca é demais, decidi-me lançar em outros projectos com uma amiga.

Venho assim apresentar-vos a BONNUSDESIGN, uma empresa "recém-nascida" mas com muita vontade de se afirmar neste mundo de 7 cães a 1 osso!

Estou na expectativa de conseguirmos ter sucesso nesta nossa “aventura”, pois para isso temos estado a trabalhar muito nela.

Vejam pf a “Receita Bonnus” (na homepage) e divulguem pelos vossos contactos, visto que é uma grande ajuda para dar a conhecer a empresa

domingo, 10 de Outubro de 2010

Naturismo


"O Naturismo é uma forma de vida em harmonia com a natureza, caracterizada pela prática da nudez colectiva, no propósito de favorecer o respeito por si mesmo, o respeito pelos outros e pelo meio ambiente". O Naturismo promove a aceitação do corpo tal como ele é, aceitando a forma física sem recorrer a modelos ideais e compreendendo o que o tempo escreve no corpo ao longo da vida. De uma forma simplista o naturismo é a prática da nudez num ambiente social.

Comecei a frequentar há 4 anos e hoje estou adepta!

Para quem tenha curiosidade em experimentar, informações aqui

sexta-feira, 17 de Setembro de 2010

Casei com um Massai


Fiquei apaixonada por este livro. Quem não leu, aconselho-o a fazer vivamente.
Casei com Massai é muito mais do que uma história de Amor, diria também que são relatos etnográficos.Este livro fascionou-me, não só porque é a história verídica da própria autora, Corinne Hofmann, mas também porque relata pormenorizadamente uma cultura completamente diferente da nossa.
Corinne tem 27 anos e parte para o Quénia de férias com o seu namorado, mas apaixona-se perdidamente por um guerreiro Massai chamado, Lketinga. Corinne nasceu na Suíça, filha de mãe Francesa e Pai Alemão. Depois de regressar á Suíça, termina o namoro, renuncia o trabalho, a família e os amigos, casa-se com lektinga e vai viver para o interior do Quénia, a sua vida passa a ser no mato.Lketinga é um guerreiro analfabeto.
A partir daqui e durante quatro anos, é feito um relato do dia-a-dia de uma grande diferença cultural e de como sobreviver ás duras condições de vida dos Massai em que as única fonte de energia são as fogueiras de lenha, as refeições são á base de papas de milho e carne, a única bebida é a água suja do rio onde todos se lavam.
Não falando também das dificuldades de adaptação de culturas. A boca de um Massai é exclusivamente para comer, um Massai não come comida feita ou olhada por mulher, nunca come ao mesmo tempo que a mulher, pode ter mais do que uma mulher e o sexo dura 2 ou 3 minutos...isto são alguns exemplos das muitas diferenças que a narradora teve que ultrapassar. Não falando das doenças que teve que sobreviver e isto tudo por Amor , Amor esse que foi presenteado com uma filha, Naipiri.

Mas como nem sempre vence o Amor...

"Na altura vivi o maior Amor da minha vida e passei pelo céu e o inferno. Foi a minha maior luta pela sobrevivência. Uma luta que, ainda assim, eu e a minha filha vencemos."

Corinne hoje em dia vive na Suiça com a sua filha e continua a ajudar financeiramente Lketinga, no Quénia.

O que não se faz por Amor?

sexta-feira, 27 de Agosto de 2010

Quando for grande...


...quero ter uma destas...

terça-feira, 20 de Julho de 2010

Regresso a passo lento...

Ouvi esta musica e foi como abrir um baú cheio de recordações, momentos que fizeram parte da minha vida mais ou menos importantes mas cá estão dentro de mim.

Passei muito tempo sem escrever...momentos críticos, falta de tempo, preguiça, sei lá...uma série de coisas para juntar ao meu baú das memórias. Neste momento sinto-me com força para recomeçar...devagarinho.

Dedico esta música á minha mãe, que mais que todos foi a pessoa que mais sofreu com este processo. Processo este que ainda não terminou mas já está perto do fim, já passaram as 9º sessões de quimioterapia e neste momento é só aguardar a cirurgia para depois ser só recuperar.

Está quase!Força nesta recta final...e eu cá vou passando com uma perna de cada vez...

terça-feira, 26 de Janeiro de 2010

E quando um Cancro nos bate á porta

Poderia utilizá-lo com várias expressões, como por exemplo, “um cancro de pessoa”, “ é horrível, que cancro!”. Mas infelizmente, o cancro que nos bateu á porta foi o cancro que, conforme definição do dicionário:

cancro (latim cancer, -cri, caranguejo, lagostim)
Med. Tumor maligno formado pela multiplicação desordenada de células de um tecido ou de um órgão. = câncer, carcinoma

Neste caso, o cancro da mama.
Como todos sabemos cada vez mais o cancro da mama atinge 32% da população feminina compreendida entre os 40 a 50 anos. Mas neste momento cada vez mais são os casos que aparecem a partir dos 25 anos.

Este cancro bateu-nos á porta de casa em Novembro de 2009. A pessoa que o recebeu foi a minha mãe. Pensamos sempre que só acontece aos outros, mas quando passamos por ele, eu diria “Aqui é que a porca torce o rabo”.

Nunca passei, falei e vivi tanto tempo com doenças,exames hospitais e afins...está a ser uma fase dura. A minha mãe já começou a quimioterapia, fez uma primeira sessão e está a caminho da segunda.São quatro sessões (sendo elas de 20 em 20 dias). Depois repetem-se os exames e se Deus quiser, pode-se operar.

Tudo isto tem que ser ultrapassado com muita calma e paciência e pensar que melhores dias virão.

Isto tudo para dizer que, como já perceberam vontade de escrever não tenho muita, e também o meu ano não começou da melhor maneira (até pode ser bom, porque o que começa mal, acaba bem). A todos que ainda não desejei, desejo-vos um Feliz 2010. E para mim, cá tenho o meu lema “o que não nos mata torna-nos mais forte” e se todas estamos a conseguir ultrapassar esta “visita inesperada” que mais parece um camião que nos está passar por cima, á minha mãe que é a pessoa mais forte e é quem mais está a sofrer as consequências, desejo o melhor do mundo e que se mantenha igual ao que tem sido até hoje.

quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009

Hoje é o meu dia...

Mais velha que 28 e mais nova que 30!
Hoje estou de Parabéns e feliz por ter nascido!

quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

Pancada ou boa memória?!


Lembraste do que estavas a fazer exactamente hoje há 1 ano atrás? E há 2 anos? E há 3 anos?
Eu lembro-me a maior parte das vezes, e bem!
Será pancada ou boa memória?!Ou as duas?
Eu vivo imenso das minhas memórias e das recordações, sendo elas boas ou más. Tenho a mania de comparar o que estava a fazer naquele mesmo dia, há 1, 2 ou 3 anos atrás. Aqueles dias que mais me marcaram, no bom ou no mau sentido.Depois tenho dias, aqueles dias em que penso mais nisto, ou porque estou triste ou nostálgica ou com saudades.
E assim me dou conta como a vida muda radicalmente, num espaço de pouco tempo e sem darmos por isso. Por exemplo, hoje estou aqui, há um ano atrás estava noutro lugar, a fazer uma coisa completamente diferente, com pessoas completamente diferentes. E assim nos reserva o futuro, ou não.
O que estarei eu a fazer, com quem e aonde daqui a 10 anos?!
Era bom saber, mas por agora vivo o meu presente, com as memórias do meu passado, que já são muitas!

terça-feira, 8 de Dezembro de 2009

Respirar o ar da praia faz bem a tudo!

E a praia no Inverno também sabe muito bem!
Esta foto foi tirada há uma semana na Praia de São Julião perto da Ericeira.

terça-feira, 17 de Novembro de 2009

Afirmação do dia

Uma vez li, que a verdadeira beleza de uma mulher vê-se ao acordar.
Eu acho que uma mulher (ou homem) não tem piadinha nenhuma ao acordar. É a altura do dia que somos mesmo feias/os.


sábado, 14 de Novembro de 2009

Para me animar...