terça-feira, 10 de junho de 2008

10 de Junho - Dia de portugal, de Camões e das Comunidades


Lisboa escolheu para feriado municipal o 10 de Junho, em honra de Camões, uma vez que é a data da sua morte . O poeta que escreveu “Os Lusíadas", Luis Vaz de Camões representava justamente o génio da pátria, representava Portugal na sua dimensão mais esplendorosa e mais genial.
E um dos meus Poemas preferidos...

Amor é fogo que arde sem se ver
Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;
É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;
É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.
Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?


Luís de Camões


Graças a este Grande Senhor, ganhamos mais um feriado.

2 comentários:

Geova Costa disse...

Camões é bem estudado aqui no Brasil,principalmente "Os Lusíadas". Este poema que colocou é lindo e foi inspiração para uma canção do Legião Urbana, uma banda brasileira.

Ah! Amei o post do mergulho. Um dia vou mergulhar também. Só preciso coragem...

Sofifaruk disse...

Olá geova,

Obrigada pelos comentários.
Em relação ao mergulho, aconselho a qualquer pessoa,eu também achava que não tinha coragem até fazer...agora, como me diziam, já não quero outra coisa.:)

beijo

Sofia