quinta-feira, 17 de abril de 2008

Cubanos esgotam telemóveis

Longas filas de espera em frente às lojas marcaram, ontem, o primeiro dia de venda livre de telemóveis em Cuba. Apesar do elevado preço dos aparelhos, milhares de cubanos aproveitaram a ocasião para efectuar uma compra há muito aguardada, fazendo mesmo esgotar o "stock" em vários estabelecimentos. Anunciado a 28 de Março, o levantamento da interdição foi uma das primeiras medidas do novo presidente Raul Castro, que prometeu suprimir algumas das "interdições excessivas" impostas à sociedade e economia cubanas.Numa das 30 lojas da Etecsa - empresa do Estado cubano que detém o monopólio das telecomunicações, apesar de uma participação de 27% da Telecom Italia -, um grupo de 70 pessoas aguardava pacientemente a sua vez, para surpresa dos funcionários das lojas"Não percebo de onde veio tanta gente", comentou, à France Press, uma empregada de um quiosque, em pleno centro de Havana.Até à entrada em vigor da nova lei, apenas funcionários de topo e os representantes das empresas estrangeiras tinham acesso aos telemóveis. "A autorização é uma medida positiva. Apesar do preço elevado do serviço, é um produto indispensável", afirmou Iluminada Rodriguez, uma cubana de 58 anos cuja reduzida pensão mensal de nove euros não a impediu de comprar o aparelho. "Espero que a minha família que se encontra nos Estados Unidos me ajude a pagar", explicou.Os cubanos têm à disposição seis modelos de telefone, com preços que oscilam entre os 65 e os 290 dólares. A esta verba, há que somar ainda mais 120 dólares pela obtenção do respectivo número e os cartões telefónicos, que custam 11, 21 ou 42 dólares. Ou seja, um total de 196 dólares, no mínimo, num país em que o rendimento mensal médio é de 17 dólares.

Jornal de Notícias

3 comentários:

Tombazana disse...

Tenho para mim que a mudança não vai ser tão rápida quanto deveria ser...mas já se está a fazer.
É gritante e estou espectante, aquele povo merece sair do espartilho imposto por aquele regime!

Beijinhos

Tombazana disse...

“Os poderosos podem matar uma, duas ou três rosas, mas jamais conseguirão deter a primavera inteira.”

(Che Guevara)

Xi-coração da mãe

Zololkis disse...

See Please Here