quinta-feira, 31 de julho de 2008

As-palavras-que-nunca-te-direi

Fotografia tirada entre Playa larga e Playa do Girón - Cuba


Por várias razões existem as-palavras-que-nunca-te-direi, são aquelas que ficam presas na garganta, sem se conseguirem libertar, são palavras difíceis, são palavras que não se dizem, mas que se pensam.
Por mais importantes que sejam, estas palavras são para nós, fazem parte de nós.
Uma imagem vale mais que mil palavras e estas são as-palavras-que-nunca-te-direi.

5 comentários:

Salva disse...

Questa foto e´indescrivibile. Semplicemente stupenda.

Bacio,
Salva

Tombazana disse...

Li o livro, gostei, mas não o amei.
É muito interessante a introdução sobre as mensagens em garrafas que são encontradas um pouco por todo o mundo, muitas delas contendo mensagens que andaram à deriva durante décadas e outras ainda utilizadas para estudar as correntes marítimas.
É um livro, para mim,
excessivamente melodramático.
Gostei especialmente das descrições de Nicholas Sparks.
A forma como ele descreve as situações e os lugares, consegue transportar-nos para esse quadro, como se estivessemos lá.

Agora quanto à tua mensagem e tal como no livro...Há palavras que nunca se dizem, mesmo amando muito...ficam só nossas

Beijinhos

Sofifaruk disse...

Eu ainda não li o livro, mas até tenho interesse em ler.Eu gosto de livros melodramáticos.:)
Beijos

Aguaya Berlín disse...

Yo tengo mis secretos... palabras que son mías... :-)

Ernesto G. disse...

Simplemente bellas tus palabras. Las palabras que escribiste para no decir las otras. La foto, perfecta.