quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Dançar uma valsa

Estive ausente estes dias, e hoje abro o meu blog a dançar uma valsa que eu ADORO!



André Rieu - Danúbio Azul



Danúbio Azul é uma criação de Johann Strauss II (filho mais novo da família de compositores Strauss) , já era conhecido em Viena como o Rei das Valsas. A fama e o reconhecimento público levaram-no a viajar pela Europa e Estados Unidos onde, em 1876, por ocasião das comemorações dos 100 anos da independência americana, conduziu uma orquestra de 1000 músicos na cidade de Boston.Embora não seja considerada a melhor valsa de Strauss, Danúbio Azul (nome abreviado pela passagem dos séculos, pois o original é No Belo Danúbio Azul) conquistou ilustres admiradores: Wagner afirmou-se "encantado" e Brahms escreveu num guardanapo o seguinte comentário sobre a obra: "Infelizmente não é minha."

2 comentários:

Yoana disse...

Bellísimo el Danubio Azul, gracias por traérnoslo. Escucharlo me hace recordar unos "muñequitos" (cartones animados) que veíamos en Cuba con esa música y unas ilustraciones preciosas, como de haditas y duendecitos. No me acuerdo ni de donde era, pero lo disfrutaba muchísimo junto con mi niña. Besitos musicales para ti.

Rosa

Sofifaruk disse...

Si Rosa, Bellísimo! A mi me gusta mucho el Danubio Azul.
Gracias
Beijos
Sofia